Respeite a arte! Ao reproduzir em outros lugares a obra de algum artista, cite o autor. Todas as poesias aqui presentes foram escritas por Mao Punk.

Visite também meu blog de textos: RESQUÍCIOS DEPRESSIVOS, SUJOS E NOJENTOS .
Textos que expõem a fragilidade e indecência humanas de forma irônica, metafórica e sem embelezamentos.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

POESIA FEITA DE PAPEL

Minha poesia é feita de papel,
Papel de presente ou de tempo que for;
Embrulha amarguras, risos, pedra, flor,
Enfeita o vazio do tamanho do céu!

Minha poesia é feita de papel,
Há de ser o meu papel versar amor!
Quantos mil papéis preciso p'ra compor
Toda poesia que há jogada ao léu?

Meu papel espelho; verso: meu pincel
Colorindo em letras o que apareceu
Refletido em mim, o que desabrochou.

Minha poesia é feita de papel,
No entanto afirmo, dos poemas meus,
Ninguém poderá rasgar o que restou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário