Respeite a arte! Ao reproduzir em outros lugares a obra de algum artista, cite o autor. Todas as poesias aqui presentes foram escritas por Mao Punk.

Visite também meu blog de textos: RESQUÍCIOS DEPRESSIVOS, SUJOS E NOJENTOS .
Textos que expõem a fragilidade e indecência humanas de forma irônica, metafórica e sem embelezamentos.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

JULIANA É UM PÁSSARO EM UM CÉU

Sou poeta.
E o sou porque assim sou livre.
Porque há mais céus nessas linhas
Do que nuvens no céu.
E para cada céu há mais linhas.
Sou poeta porque não sei o que é não ser poeta.
Não ser poeta deve ser algo como
Ter um só céu, viver em um só planeta,
Acordar, respirar, comer, cansar, dormir.
Eu não sei o que é isso.
Mas sei o que é o avesso, o contrário.
Sei, pretensiosamente, o que é ser poeta.
Sou poeta porque toco estrelas,
Porque bebo cores e como ares.
Sou poeta porque a música toca,
Eu escrevo e o anseio dança.
É por tantos versos que sou poeta!
Os céus ao meu redor me envolvem.
Ah! Eu deixarei que seja assim!
Sou poeta porque assim tudo posso
E porque sentir esse beijo alivia.

Um comentário:

  1. Qual a palavra mais correta para se comentar?
    jah sei

    PERFEITO!

    ResponderExcluir