Respeite a arte! Ao reproduzir em outros lugares a obra de algum artista, cite o autor. Todas as poesias aqui presentes foram escritas por Mao Punk.

Visite também meu blog de textos: RESQUÍCIOS DEPRESSIVOS, SUJOS E NOJENTOS .
Textos que expõem a fragilidade e indecência humanas de forma irônica, metafórica e sem embelezamentos.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

PARA NÃO SER SONETO

Por ora estou exausto de escrever sonetos.
Cansado da métrica romântica
Dos versos que suspiram regrados
Em duas quadras e dois tercetos.

Falar de paixões ou algo assim
É algo que, por ora, não me vale.
Senão, certamente, isso seria um soneto.
E já disse que isso eu não quero.

Prefiro escrever algo sobre... algo!
Prefiro escrever algo sobre!
E para não escrever um soneto
Escrevo estes versos sobre sonetos,

Escrevo uma fuga em círculo.

3 comentários:

  1. Como sempre a sua essencia grita em forma de soneto (mesmo que não o seja)=]

    ResponderExcluir
  2. Pois é, não há nada mais difícil do que uma fuga em linha reta...

    ResponderExcluir